Molho Pesto com Nozes

Manjericão, nozes, parmesão e azeite! Delícias misturadas em um saboroso molho pesto!

Não sei dizer o motivo pelo qual nunca havia experimentado Molho Pesto na vida. Será porque ele é verde, e “comidas verdes” tendem a não ser saborosas? Porque nos remetem a saladas e comida saudável? rsrsrs… Ok… ainda que eu venha buscando ser mais saudável nos últimos anos, essa não é minha praia. Vide as receitas que rolam aqui no blog.

O fato é que só fui provar essa lindeza já adulta, durante as férias de alguns anos atrás, em um Parque Nacional nos Estados Unidos. Tenho que admitir que não havia muitas opções no restaurante do parque que me remetesse a uma refeição. Sim, havia muita opção de junk food, mas era hora do almoço e eu precisava repor minhas energias das caminhadas por Yosemite. Eu queria um prato de “comida de verdade”, o que costuma ser um pouco difícil na terra do tio Sam. A opção que me restava era “macarrão ao molho pesto”. Me lembrei na hora de que ele era “verde”, mas e daí?! Eu estava com fome, e era macarrão! Refeição!! Não hambúrguer, pizza, hot dog e similares.. Me rendi: “I’ll have one, please.”……. E não é que eu gostei!!! Surpresa total!!! O molho era forte sim, mas o manjericão é assim né minha gente… Saboroso e perfumado! 🙂 E para encerrar essa história de descobertas, eu não pude terminar meu delicioso macarrão porque eu me fiz o favor de derrubar o copo de refrigerante dentro do prato, o que fez virar uma sopa verde. Não ficou tão feio porque era 7Up (sim, lá tem! adoro!) então não tinha cor… imagina se fosse Coca ou Pepsi rsrsrs…

Bom, voltando a receita… eu já contei que tenho um vasinho de manjericão, né?! Eu já fiz algumas receitinhas com ele (clica aqui para dar uma olhada), e outro dia eu percebi que ele estava regado demais, lindo, cheio!!!! E antes que as folhas começassem a querer murchar, eu lembrei que a Ju publicou no blog dela uma receita de molho pesto com nozes e não pensei duas vezes!

A receita original leva Pinoli (sementinhas que lembram amêndoas), mas eles são caros e difíceis de achar no Brasil, então você pode usar as castanhas que mais gostar. Aqui usamos nozes, porque eu já tinha em casa, mas você pode usar as pecãs ou as amêndoas, por exemplo.

A quantidade dessa receita deu para servir 2 refeições para 2 pessoas. Você pode colocar menos molho e fazer render até mais refeições. Mas eu gosto de macarrão com molho, então acabo caprichando/exagerando mesmo.

Agora estou esperando meu vasinho encher novamente para preparar outra leva dessa belezura e deixar guardado na geladeira para me salvar em um almoço/jantar prático. É só cozinhar o macarrão e colocar o molho em temperatura ambiente. Quer mais praticidade que isso?! Bon Appétit!!

Manjericão, nozes, parmesão e azeite! Delícias misturadas em um saboroso molho pesto!


Molho Pesto com Nozes

Ingredientes:

  • 1/4 de xícara (de chá) de NOZES sem casca – aproximadamente 10 a 12 unidades (30 gramas)
  • 2 dentes de ALHO
  • 1 xícara (de chá) de MANJERICÃO FRESCO, só as folhas (aperte bem na xícara ao medir) – aproximadamente 1 maço de manjericão
    DICA: o cabo também pode ser usado, mas costuma deixar um gosto amargo, por isso, eu uso apenas as folhas.
  • 1/4 de xícara (de chá) de QUEIJO PARMESÃO ralado na hora (30 gramas)
    DICA: não use aqueles de saquinho, pois não derretem direito.
  • 1/4 de xícara (de chá) de AZEITE (50 ml)
  • SAL à gosto
  • PIMENTA à gosto

Modo de preparo:

  1. Comece lavando e secando bem as folhas de manjericão. É super importante que elas estejam secas, sem umidade, principalmente se você for guardar o molho para usar posteriormente.
  2. No multiprocessador, mixer, ou liquidificador, processe os dentes de alho e as nozes até ficar em pedacinhos pequenos. Não é para virar farofa nem pasta, ok?
  3. Adicione o parmesão e as folhas de manjericão. Processe novamente até incorporar tudo.
  4. Comece a adicionar o azeite em um fio, aos poucos. A pastinha vai começar a se formar.
  5. Prove e, se achar que precisa, coloque mais sal e pimenta.

Rendimento: 1 xícara de molho. Usei metade desta receita em 200 gramas de massa. A outra metade guardei na geladeira para usar depois.

Manjericão, nozes, parmesão e azeite! Delícias misturadas em um saboroso molho pesto!

Dicas:

  1. Você pode guardar esse molho em um vidro limpo por até 1 mês na geladeira, mas para isso não pode conter nadinha de água, porque a umidade faz estragar rápido. Então lave e seque bem as folhas antes de usar na receita. No congelador, dura bem mais.
  2. Para evitar que as folhas processadas no pesto comecem a ficar escuras, coloque o molho no pote e dê leves batidinhas na palma da mão para nivelar a pasta e retirar o ar. Em seguida, acrescente 1 a 2 colheres de sopa de azeite por cima, ou o suficiente para cobrir a superfície. Pronto, seu pesto está preservado agora.
  3. Para congelar, divida o pesto em uma fôrma de gelo e deixe congelar. Retire e guarde em saquinhos tipo ziploc. Para usar, deixe “derreter” em temperatura ambiente.
  4. O ideal é servir o molho em temperatura ambiente, então retire da geladeira com antecedência. Lembre-se que o macarrão precisa estar bem quente, tanto para ajudar a derreter o parmesão formando um molhinho cremoso, quanto para deixar seu prato ainda quentinho. Como o molho estará em temperatura ambiente, ele irá baixar a temperatura da sua massa.

Manjericão, nozes, parmesão e azeite! Delícias misturadas em um saboroso molho pesto!

Manjericão, nozes, parmesão e azeite! Delícias misturadas em um saboroso molho pesto!

Anúncios

Deixe um comentário, um recadinho, uma sugestão....

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s